HUFERSIL.WEBDEVELOPER

Lumine – Tutorial 1 – Preparando os arquivos

Olá,

Hoje vamos estudar como iniciar com o Lumine.
Para facilitar, vamos utilizar a engenharia reversa, para que Lumine crie os arquivos necessários para podermos "conversar" com o banco de dados.
Neste exemplo, eu utilizei:

  • PHP 5.2.4;
  • MySQL 5.0 (mas também funciona com o 4.0.1 ou superior);
  • Apache 2.2.4
  • Eclipse PDT

Criando as tabelas do banco de dados

Para que Lumine identifique automaticamente as ligações (foreign keys - chaves estrangeiras em português), é necessário que as tabelas sejam criadas com InnoDB (para MySQL). O tipo de tabela MyISAM (padrão do MySQL) não suporta foreign keys. Abaixo o ERD das tabelas:

ERD das tabelas do banco

Note que nos nomes das tabelas acrescentei o prefixo qs_ ( letra Q e letra S seguida de um underline, significando Quick Start). Desta forma, posso criar as tabelas no meu banco de dados sem precisar me preocupar com as outras tabelas já existentes.
Note que há uma referencia da tabela qs_categoria para qs_noticia. Desta forma, indicamos na notícia a qual categoria ela pertence.

Criamos abaixo uma tabela para armazenar as informações dos usuarios (qs_usuario), para que possamos fazer um administrador com login e senha.
Script SQL para geração das tabelas:

Create table qs_noticia (	codnoticia Int NOT NULL AUTO_INCREMENT,	codcategoria Int NOT NULL,	titulo Varchar(200),	conteudo Text,	data_cadastro Datetime, Primary Key (codnoticia)) TYPE = InnoDB;

Create table qs_categoria (	codcategoria Int NOT NULL AUTO_INCREMENT,	nome Varchar(150),	data_cadastro Datetime, Primary Key (codcategoria)) TYPE = InnoDB;

Create table qs_usuario (	codusuario Int NOT NULL AUTO_INCREMENT,	nome Varchar(150),	email Varchar(150),	senha Varchar(32),	data_cadastro Datetime, Primary Key (codusuario)) TYPE = InnoDB;

Alter table qs_noticia add Index IX_Relationship1 (codcategoria);Alter table qs_noticia add Foreign Key (codcategoria) references qs_categoria (codcategoria) on delete cascade on update cascade;

O nome do meu banco de dados utilizado neste exemplo é "teste" (sem aspas). Você pode criá-lo com qualquer nome, lembrando somente de substituir pelo nome correto quando necessário.

Após executar o script de criação das tabelas no banco de dados, é hora de efetuar a engenharia reversa. Ela será a responsável pela criação das classes para que possamos trabalhar futuramente.

Rodando a Engenharia Reversa

Nas versões mais recentes de Lumine, já vem incluido um arquivo visual para efetuar a engenharia reversa. O caminho via navegador é: diretorio_lumine / lib / ui / reverse.php (Adicionei os espaços para ficar mais legível). Acessando este endereço através do seu navegador, deverá ser apresentada uma tela semelhante a abaixo:

Engenharia Reversa

Nesta imagem, já preenchi com os dados necessários para efetuar a engenharia reversa conforme as minhas necessidades. Altere as opções conforme suas configurações locais (veja mais "engenharia reversa" e "arquivo de configuração" na documentação).

Meu diretório raiz do Apache é o  "/www". Dentro dele, criei uma pasta chamada "teste". Desta forma, minha estrutura ficou "/www/teste". Para este exemplo, vamos guardar os arquivos gerados dentro do pacote "entidades".

Estrutura das pastasEstrutura das Pastas

A pasta chamada arquivos utilizei somente para gravar os arquivos necessários para desenvolver este tutorial, não se preocupe com ela.

 Após preencher com os seus dados a tela da engenharia reversa, clique no botão continuar, para que uma tela semelhante a abaixo seja apresentada:

Engenharia Reversa

Note que abaixo do botão salvar, são listadas as tabelas para que você possa escolher de quais você deseja efetuar a engenharia reversa. Em nosso exemplo, executaremos de todas as tabelas de nosso banco. Após selecionar todas as tabelas, clique no botão concluir.

Caso ocorra algum erro durante a geração dos arquivos, será apresentado em vermelho no log que é gerado abaixo da listagem das tabelas.

Ao final da geração, deverá ser apresentada uma mensagem semelhante a:

Arquivo "/www/teste/lumine-conf.php" gerado com sucesso. (C:\php\PEAR\lumine\lib\Reverse.php, 388)

Isto indica que os arquivos foram gerados normalmente.

Configurando o Eclipse PDT

Para finalizarmos esta etapa de hoje, vamos configurar o Eclipse com o plugin do PDT.

Vá até File / New / PHP Project. Será então apresentada a tela para configuração do projeto. Abaixo os dados de como ficaram nas minhas configurações locais:
Eclipse PDT - Configurando Projeto

Depois desta tela, pressione next. Aqui você poderá escolher a pasta onde estão as classes do Lumine caso estejam em local compartilhado. Neste caso, clique no botão add external folder… para poder escolher onde está o pacote do Lumine.

Eclipse PDT - Configurando Projeto

… no meu caso …

Eclipse PDT - Configurando Projeto

Depois de adicionar as configurações necessárias, clique no botão finish.

Pronto, sua tela deverá ficar semelhante a abaixo:

Eclipse PDT - Configurando Projeto

Bom, por hoje é só.

@braços e até a próxima!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre lang="" line="" escaped="" highlight="">